Bem vindo ao seu Réquiem...
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
"E a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida numa estátua de sal. E Abraão levantou-se aquela mesma manhã, de madrugada, e foi para aquele lugar onde estivera diante da face do Senhor; E olhou para Sodoma e para toda a terra da campina; e viu, que a fumaça da terra subia, como a de uma fornalha." Gênesis 19:26-28

Compartilhe | 
 

 [CONTO] Yanagor Noshi

Ir em baixo 
AutorMensagem
Caedus



Cria de : Rajani

Ficha do Personagem
Status na Cidade: 2
Status no Clã: 4
Status na Coalizão: 4

MensagemAssunto: [CONTO] Yanagor Noshi   Sex 18 Mar 2011, 12:22 pm

Esse conto eu venho o escrevendo ao longo de uns tempos, espero que gostem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caedus



Cria de : Rajani

Ficha do Personagem
Status na Cidade: 2
Status no Clã: 4
Status na Coalizão: 4

MensagemAssunto: Re: [CONTO] Yanagor Noshi   Sex 18 Mar 2011, 12:31 pm

Prólogo: “A presa”

- Você está um pouco tenso meu jovem, estou imaginando coisas ou estou diante de um homem que teme uma mulher?

Diz a bela presença diante de meus olhos, uma mulher de cabelos negros e lisos muito bem cuidados, estendendo-se até o meio de suas costas, sua pele anormalmente alva e jovial, porém fria, quase gelada ao toque, seus olhos são negros e penetrantes, ao olhar dentro deles, vejo um brilho distante e pareço me perder na escuridão, permaneço em silencio, meu corpo deseja o dela, mas não sei por que estou trêmulo, só estive desse jeito quando confrontei com a cara da morte, me sinto uma presa diante de meu predador.

Meu corpo se entorpece e vou em direção a seus braços, “Mas por que estou fazendo isso?” me pergunto, “Como vim parar nesse quarto luxuoso, com tantas peças de arte? Cada quadro, um mais belo que o outro, a cama possui adornos pintados em dourado, com esculturas de rosas, muito belos, ela é muito bela, bom demais para ser verdade...”

Meu cérebro volta a trabalhar, ela é uma vampira, um ser das trevas, e eu sou sua presa dessa noite, lembro-me para que e por que eu estou aqui, estou quase ao alcance de seus braços, “perto demais”, tento deixar meu desejo carnal de lado, é quase impossível, então beijo seus lábios, seu beijo é doce como mel, “pelo menos será uma morte prazerosa”, eu abro os botões de sua blusa e acaricio seu seio esquerdo, ela beija o canto de meus lábios, “está preparando o bote”, eu aperto com um pouco mais de força, ela treme um pouco e geme baixinho, ela mordisca minha orelha, “deve ser agora”, imagino eu.

Então acontece...

Meu punho sai por suas costas, olho dentro de seus olhos e aprecio enquanto eles perdem o brilho.

- Descanse em paz. - Sussurro em seu ouvido e beijo mais uma vez seus lábios enquanto ela deixa esse mundo.

Seu corpo se desfaz em cinzas, geralmente é assim, “que desperdício de beleza”, falo enquanto acendo meu cigarro.
Pego meu casaco que está jogado no chão, visto e sigo em direção a porta.

Eu adoro o meu trabalho...
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[CONTO] Yanagor Noshi
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Lúcifer Estrela da Manhã: Um conto de Demônio o preço do poder
» Big Apple (Nova York by Night) - O Conto da cidade Vampirica .
» Conto: O bosque
» Virtudes Alternativas e Trilhas da Sabedoria
» Cheryl - Um conto dos Grimm (PART II)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Réquiem :: OFF :: Contos e Textos-
Ir para: